Google+ Tyno

Destaques

Governança das Obrigações Acessórias







 

Em cenário de alto nível de automação da Receita Federal e Secretaria da Fazenda, os
contribuintes são bombardeados diariamente com uma série de obrigações acessórias impostas
pelos órgãos fiscalizadores, mas que muitos acabam caindo nas “armadilhas” da falta de controle
e planejamento, acarretando no descumprimento de grande parte destas obrigações.

Atualmente, as obrigações manifestam com detalhes como esses dados são gerados e
transformados em informação. Neste novo cenário qualquer informação omitida ou inexata,
mesmo que de forma involuntária, expõe ainda mais a empresa ao risco iminente de autuação
pelo fisco.

Os principais pilares da Governança das Obrigações Acessórias são:

  •  Auxiliar no cumprimento das obrigações acessórias, garantindo a consistência e

integridade das informações apresentadas; e

  • Minimizar gastos desnecessários com tributos (impacto das obrigações acessórias nos

valores das autuações).

A Tyno, através da utilização da tecnologia e com equipe de especialistas tributários, possui uma
solução eficaz para garantir a Governança das suas Obrigações Acessórias, diminuindo riscos,
checando a veracidade das informações e atestando a conformidade dos dados diante da
legislação vigente. O objetivo principal da nossa ferramenta é auditar e cruzar as informações
contidas dentre as obrigações e declarações, apontando através de relatórios as inconsistências,
as não conformidades e os erros de informações, com toda a orientação necessária para a
correção.

  • Checa a qualidade das informações conforme operações e regras de negócio praticadas.

  • Atesta a conformidade dos dados diante da legislação vigente.

  • Aponta as não conformidades e os erros de informações.

  • Utiliza ferramenta própria para auditar e cruzar as informações para as obrigações e

declarações entre as diversas enviadas.

  •  Elabora relatórios das inconsistências conforme categoria e graus do risco identificado.

  •  Apresenta Plano de Ação para ir reduzir os erros identificados nas obrigações futuras.

A Tyno na Mídia